Como se tornar um palestrante de sucesso?

Querendo entrar no mercado de palestras? Você já se imaginou ganhando até 6 mil reais dando palestras pelo Brasil a fora?

Pois bem, você está prestes a conhecer o melhor curso de formação de palestrantes do Brasil.

Nesse curso o Roberto Shinyashiki, vai te ensinar em 4 módulos como montar seu negócio de palestras e como se tornar um palestrante de sucesso.

Veja o que você vai aprender:

Módulo 1: Desenvolvendo sua palestra estrela – Aqui você vai descobrir como desenvolver um tema relevante, um roteiro envolvente e criar slides inspiradores.

Módulo 2: Apresentação poderosa – Espontaneidade, Comunicação Persuasiva, Auto confiança verbal.

Módulo 3: Centro de Informação – Site vendedor, com informações sobre você, seu trabalho e suas palestras. Confirmação de autoridade, ou seja, tudo que for postado tem que mostrar que você é o máximo. Presença digital.

Módulo 4: Sistema de venda ativo – Rede de vendas poderosas, ou seja, construa um grupo de profissionais que vendem a sua palestra sem a sua participação. Material de vendas, isso é o que é apresentado na mesa do contratante. Venda ativa todos os dias.

Além dos módulos, você terá acesso a mais 10 bônus exclusivos.

Conheça um pouco mais sobre o autor do curso na Entrevista abaixo e monte seu negócio de palestras ainda este ano:

CLIQUE AQUI E MONTE SEU NEGÓCIO DE PALESTRAS AGORA MESMO

Ganhar Dinheiro no Youtube – A Estratégia – Dia 1

Para você que está acompanhando minha tentativa de ganhar dinheiro no Youtube, conforme explicado no artigo: Como Ganhar Dinheiro no Youtube. Desafio 40 Dias. Hoje quero compartilhar com vocês quais serão as estratégias que vou adotar para obter sucesso.
Ganhar Dinheiro no Youtube - Estratégia
Absorver todo conteúdo do Curso
Para quem não sabe, eu adquiri o curso do Michael Oliveira, Como Ganhar Dinheiro no Youtube, e falei um pouco sobre ele no artigo: Conhecendo o Mercado de Ganhar Dinheiro no Youtube. Lá eu listei os módulos que foram divididos o curso e mostrei como está esse “mercado”.
Chega de enrolar. A partir de hoje começo efetivamente esse projeto. Minha estratégia inicial é absorver todo o conhecimento que o Michael compartilha no curso, da seguinte maneira.
1º – Assistir todas as vídeo aulas seguidamente, para conhecer de uma maneira geral quais estratégias que são utilizadas no Curso e como o Michael vem aplicando e obtendo resultados.
2º – Assistir novamente cada vídeo aula, só que anotando as dicas e aplicando no Desafio.
Pesquisar mais sobre como melhorar o posicionamento de vídeos no Google
Você não vai obter sucesso se for medíocre. É importante ter disciplina e querer ir além. Por isso, vou pesquisar o que muitos têm feito para popularizar seus vídeos, tanto no Brasil, quanto no Exterior, e cada nova descoberta vou publicar aqui no Blog.
Esse será o primeiro dia do Desafio, não vou estender muito está postagem. Todo artigo novo que publicar, ao final, vou colocar o status dos meus ganhos da seguinte maneira:
Vídeos Publicados: 0
Visualizações: 0
Vendas Realizadas: 0
Ganhos do Dia: 0
Assim, vocês ficam por dentro dos meus resultados diariamente.
No próximo artigo vou detalhar os módulos do curso e minhas impressões sobre cada um, levando-se em conta o conhecimento que já tenho sobre internet marketing. Além disso, vou expor mais informações sobre como estou aplicando o que aprendo no curso. 
Até amanhã.

Conhecendo o Mercado de Ganhar Dinheiro no Youtube

Antes de começar a falar sobre as estratégias que vou usar para o Desafio 40 dias para ganhar com o Youtube, quero conversar com vocês sobre esse “mercado” de ganhar dinheiro utilizando o Youtube e sobre o Curso do Michael Oliveira, Como ganhar dinheiro no Youtube.
Ganhar Dinheiro no Youtube
O mercado de ganhar dinheiro no Youtube
A verdade é que o Youtube está se tornando um grande mercado. Tudo o que é criado tem de ser divulgado, senão não gera valor. O que o youtube proporciona? Visibilidade e muito tráfego. Tráfego é uma moeda valiosíssima na Internet, principalmente o Tráfego Qualificado, que atrai pessoas realmente interessadas no produto que você vende.
Quando o Google passou a veicular propaganda através de vídeos, o então Youtube como veiculo de entretenimento, ganhou um lado comercial com bastante apelo. Hoje, toda vez que você vai assistir a um vídeo lá, normalmente te obrigam a esperar 5 segundos para um anúncio de determinado produto ou serviço. A verdade é que as empresas estão no Youtube e tentando gerar tráfego qualificado para venderem seu peixe.
Então quais são as oportunidades de negócios que existe no Youtube? Vou listar o que acredito serem caminhos para gerar ganhos no youtube:
1º Empresas no Youtube
Digamos que você tenha uma empresa e quer aumentar sua visibilidade no Youtube, o que você pode fazer?
 – Criar um video no youtube sobre sua empresa, mostrando o que faz, o que vende, quem são seus funcionários, quem é você, enfim quem é a sua empresa;
 – Criar vídeos sobre os seus produtos, detalhando as características de cada um;
 – Pagar por um anúncio patrocinado no youtube;
 – Pagar para uma canal de sucesso direcionado a seu mercado para que divulgue seus produtos;
2º Você no Youtube
Agora, digamos que você não tem uma empresa, mas queira usar o youtube para ter uma renda extra, o que você pode fazer?
 – Criar um canal sobre um assunto que você domina e veicular anúncios;
 – Usar esse mesmo canal e oferecer divulgação para empresas durante os vídeos;
 – Criar vídeos que direcionam para links de produtos afiliados que pagam uma comissão por venda. (É nessa forma de ganhar dinheiro que o Curso Como Ganhar Dinheiro no Youtube foca e o qual vamos explorar no Desafio 40 Dias).
Aproveitando que estamos falando das oportunidades presentes no Youtube, vamos divulgar alguns números:
Você sabe quais são os 5 canais que mais ganham dinheiro no Youtube, no Brasil? Vi esses números no Blog Ovelhas Voadoras, e fiquei impressionado, eles usam o modelo de divulgar anúncios em seus vídeos e, os ganhos aumentam em função da quantidade de visualização dos vídeos. Os números abaixo são uma estimativa mínima:
Canal – Mas Poxa Vida, do PC Siqueira, ganha no mínimo 6 mil reais mensais, tem 1,4 milhão de inscritos no seu canal e 155 milhões de visualizações.
Canal – Desce a Letra, ganha no mínimo 7,5 mil mensais, tem 2 milhões de inscritos no canal e 121 milhões de visualizações.
Canal – Felipe Neto, ganha no mínimo 10,4 mil mensais, tem 2,4 milhões de inscritos no canal e 177 milhões de visualizações.
Canal – Parafernalha, ganha no mínimo 22,4 mil mensais, tem 3,4 milhões de inscritos no canal e 207 milhões de visualizações.
Canal – Porta dos Fundos, ganha no mínimo 60,1 mil mensais, tem 5 milhões de inscritos no canal e 416 milhões de visualizações.
Impressionado? E isso é o ganho mínimo mensal. Imagine quanto ganha o famoso vídeo do PSY – Gangnam Style, que chegou a 1,7 Bilhões de visualizações. Ele deve ganhar uns 900 mil reais por mês.
Mas, não se engane, para atingir essas cifras é necessário muito trabalho, e claro, sorte, afinal seu canal tem que se tornar um sucesso, com milhares de visualizações.
Agora que já falamos sobre cases de sucesso, quero falar um pouco sobre o curso Como Ganhar Dinheiro no Youtube e sobre o meu desafio pessoal dos 40 dias para ter resultados com o Youtube.
O curso está dividido em 8 módulos, são eles:
1 – Estratégia, que é a apresentação do curso e as duas formas principais de ganhos através do youtube. Nesse módulo ele divulga a estratégia ninja para ganhar dinheiro e é nessa que vamos nos apoiar para ter sucesso.
2 – O Mercado, nesse módulo ele apresenta os programas de afiliação do Brasil, que você pode utilizar para ganhar comissões, além de falar sobre os nichos de mercado.
3 – Onde Ganhar, aqui ele apresenta a plataforma Hotmart e como você vai receber suas comissões.
4 – Produção dos Vídeos, aqui ele ensina como você pode criar seus vídeos de vários maneiras diferentes.
5 – SEO para Vídeos, você vai aprender como otimizar seus vídeos para serem encontrados.
6 – Software Especial, aqui ele mostra um software para criação de vídeos.
7 – Programa de Parceria, esse módulo é para aqueles que querem ganhar através dos anúncios e criar um canal de autoridade no youtube.
8 – Encerramento, um vídeo para encerrar o curso.
Além disso, ele oferece alguns bônus que são excelentes: Um webinário de como criar Landing Pages que convertem, Software Video Marketing Dominator, Software EZ Video Spinner, Ebook Páginas de Vendas de Alta Conversão e o Ebook O Marketing com Newsletter de A a Z.
É bom destacar que o Michael Oliveira não está ensinando como ganhar dinheiro fácil, mas como trabalhando duro e seguindo suas dicas é possível ganhar dinheiro com o youtube. Apoiado nisso é que vamos tentar atingir os mesmos resultados que ele.
Conheça um pouco mais sobre o curso: Como Ganhar Dinheiro no Youtube.
IMPORTANTE: Meu objetivo não é que você compre o curso e eu receba comissão por ser afiliado, meu objetivo é divulgar meus possíveis resultados aplicando as dicas do Michael. Portanto acompanhe as próximas postagens no Blog e, caso eu tenha sucesso, recomendo que compre o curso.
Até a próxima.

Como ganhar dinheiro no Youtube. Desafio 40 Dias

E então você acredita ser possível ganhar dinheiro com o Youtube? Eu ainda tenho minhas dúvidas e por isso estou escrevendo esse artigo. A verdade é que quando comecei a ver noticias na internet sobre como ganhar dinheiro no Youtube, fiquei curioso e fiz o que todo mundo faz quando quer compreender um pouco mais sobre um assunto, coloquei no Google: Ganhar com Youtube.
Dentre os resultados da busca, a maioria convergia para o seguinte curso: Como Ganhar Dinheiro no Youtube. Veja abaixo que selecionei um dos resultados que vão direto para esse curso.

como ganhar dinheiro no youtube
O nome, youtube revelado, parece aquelas propagandas enganosas para ganhar dinheiro fácil que muita gente paga, mas na verdade não ganha nada. Mas, como queria ver do que se tratava cliquei e descobri que o curso pertencia ao Michael Oliveira, o mesmo que criou o curso Como Vender no Mercado Livre, que eu mesmo indiquei no Blog Jovens e Empreendedores.
Por essa razão, comecei a olhar esse curso de outra maneira. Li a carta de vendas inteira e para testar comprei o curso. Basicamente ele ensina como você pode ganhar dinheiro como afiliado de produtos digitais, utilizando principalmente a plataforma de afiliação: Hotmart, gerando tráfego através do Youtube. Além disso, ele dá dicas de como receber suas comissões como afiliado e de como você também pode ganhar uma grana criando um canal de sucesso, como o Parafernalha, e ganhar dinheiro com propaganda veiculada nos seus vídeos.
Enfim, o objetivo desse artigo, não é fazer publicidade para o curso e muito menos fazer uma resenha para te convencer a comprá-lo. Quero testar os ensinamentos do curso, ver se realmente é possível ganhar dinheiro no Youtube, como ele diz, apenas postando vídeos. E mostrar os resultados aqui no Blog.
Por isso, a partir de hoje, vou postar todas as estratégias e resultados que conseguir aqui no Blog, num desafio de 40 dias para começar a ganhar com o Youtube. Espero divulgar bons resultados. Até a próxima.

Como vender no mercadolivre

Quando falavam de Mercado Livre para mim, há alguns anos atrás, não sei quanto a vocês, mas na minha cabeça imaginava um monte de picareta tentando enganar compradores desavisados. Mas isso, com o tempo e pesquisa pude concluir que estava enganado e com um pré conceito do site.
Como vender no Mercado Livre
Hoje, vejo o Mercado Livre como um local onde posso confiar na compra que estou fazendo e na pessoa que está me vendendo. Claro que ainda há muita gente sendo enganada, mas há um grande esforço, tanto do Mercado Livre quanto dos vendedores honestos de identificar e banir pessoas que agem de má fé contra compradores.
Mas o assunto central dessa postagem não é sobre o Mercado Livre, mas sobre:
Como começar a empreender em 2013? Como tirar aquele sonho de ser empreendedor do papel e começar a fazer algo para trilhar esse caminho? Como você pode começar, tendo em vista a seguinte filosofia: começar pequeno, pensar grande, crescer rápido.
Pensando nessas perguntas me veio na cabeça o Mercado Livre. Por que? Simples: Todo empreendedor para ter sucesso tem que saber VENDER. Tem que ser bom vendedor. Tem que ter uma boa carta de vendas, tem que fazer marketing da sua empresa e de seus produtos, tem que criar anúncios que chamem a atenção dos clientes, tem que criar uma reputação para a empresa. Enfim, tem que aprender a vender e obter lucro. E tudo isso pode ser aprendido vendendo no Mercado Livre.
Quando eu ainda estava na minha turma do ensino médio, um professor meu sempre nos perguntava qual seria nossa profissão no futuro. Alguns respondiam de maneira genérica, outros mais animados falavam da sua futura profissão com orgulho. Quando o último aluno terminava de falar o professor pedia silêncio e fazia uma pergunta que me fazia pensar bastante:
O que vocês têm feito hoje para atingir esse objetivo? Você, que quer ser dentista, quantos livros já esta lendo sobre o assunto? E você futuro engenheiro? O que tem feito? Vocês não precisam esperar chegar na faculdade para ter certeza que não querem aquilo para suas vidas ou para se tornar mais um péssimo profissional como tantos outros. Comecem a treinar hoje o que vocês querem ser amanhã
Toda vez que lembro disso, reflito e paro para analisar se estou seguindo esse conselho. Essa é a ideia. Se você quer ser empreendedor tem que treinar ser empreendedor. Mas tem que sair do lugar. Não basta ler sobre empreender, tem que fazer. 
Empreender muitas vezes é super dimensionado. Você só é empreendedor se tiver uma idéia incrível, conseguir investidores para o seu negócio, ter um negócio de alguns milhões, com uma grande estrutura, etc, etc, etc.
A coisa não é bem assim, você pode começar a empreender pequeno. Pensar em atingir um objetivo de cada vez, pensando grande. E trabalhar bastante para ir crescendo gradativamente. Esse é o espirito e acredito que o Mercado Livre pode proporcionar isso. Esse treino.
O Jason Fried, da 37signals, empresa de software americana de sucesso, e escritor de dois livros que todo empreendedor deveria ler: Getting Real e Rework, deu algumas dicas, numa postagem para a Inc,  de como o pequeno empreendedor deve dominar a arte de fazer dinheiro, e a dica principal que ele dá é comece a vender. Isso mesmo, perca o medo de ser um vendedor e com o tempo poderá vender qualquer coisa, sem muita dificuldade. Leia o texto, vocês vão gostar, detalhe: está em inglês.
Mas voltando ao assunto, agora você percebeu como pode começar: aprendendo a vender. Eu estou sugerindo o Mercado Livre. Mas, não pense que você deve sair por ai de uma maneira amadora, vendendo qualquer coisa, sem se organizar, conhecer o mercado que vai atuar, pesquisar e claro estudar e aprender muito sobre vender, principalmente online. Senão é fracasso na certa.
Como não sou nenhum especialista no assunto Mercado Livre, resolvi comprar um curso online que fala sobre toda a operação no mercado livre. Do básico ao avançado. Fiz algumas pesquisas antes de comprar o curso, afinal, há alguns disponíveis na internet, mas esse, de início me pareceu bem convincente. E não me arrependo.
Se você estava procurando algo do gênero ou ficou interessado agora, garanto que também não vai se arrepender. Alguns pontos positivos sobre o curso:
1º – É um curso que você faz online;
2º – Ele é todo em video aulas e o seu acesso é válido por um ano; (Se você não gosta muito de ler e prefere aprender assistindo é perfeito)
3º – Se você é iniciante, não tem problema, o autor explica tudo passo a passo. E se é um nível mais avançado explica como trabalhar de maneira mais profissional;
4º – Ele mostra exemplos reais de como ele vende online;
5º – Oferece uma planilha de compra e venda, simples, mas que ajuda a organizar sua empreitada;
Enfim, para quem quer começar a empreender, aprendendo a vender de maneira profissional, esse é o curso. Até agora de negativo no curso só o áudio que varia muitas vezes de uma vídeo aula para outra.
Se você ficou interessando, conheça um pouco da história do autor do curso no link abaixo, faça o seu primeiro investimento: o valor do curso é R$ 89,90, mas veja isso como um investimento, mesmo começando pequeno eles são necessários.
Para ilustrar segue alguns print que dei na tela da área restrita do curso, para vocês terem uma ideia do que estarão adquirindo. Eu não vejo esse curso só sobre vender no Mercado Livre, há muitas dicas que podem ser usadas para vender na internet e no meio físico.
Como vender no MercadoLivre

Curso Como vender no Mercado Livre
Até as próximas postagens com mais sobre Vendas e Empreender Online.

20 dicas para ter ideias que valem milhões

As dicas abaixo foram retiradas, com algumas modificações, do site americano: Marc and Angel Hack Life, um dos melhores blogs de listas sobre assuntos como produtividade e felicidade. A maioria das dicas que eles compartilham são facilmente aplicáveis, confira:

ideias que valem milhões

Grandes empresas como a Apple, sites incríveis como o Facebook e livros que aparecem como os  mais vendidos têm algo em comum. Eles começaram com uma ideia que vale milhões.

A principal questão é: Como os criadores tiveram essas ideias? Será que eles ficaram sentados esperando por uma luz ou um momento de sorte em suas vidas?
A resposta: espontaneidade e sorte não tiveram nada a ver com isso.
Abaixo seguem 20 técnicas verdadeiras que alguns dos  empresários mais brilhantes e bem sucedidos têm usado para gerar ideias que valem milhões.
1 – Gerar muitas ideias: quanto mais ideias você tiver, maiores as chances de você ter uma ideia que vale milhões.
2 – Falhar bastante: Todas as ideias que não funcionam são apenas pedras no caminho que vão te levar para as que funcionam. As vezes é preciso falhar bastante para atingir o sucesso. Não importa quantos erros você cometa ou quanto tempo é necessário para ter uma grande ideia, afinal você já está muito a frente daqueles que não estão tentando.
3 – Consumir informação conscientemente: Quando você lê as coisas e interage com as pessoas, você deixa de ser um consumidor e passa a ser o criador. Quem cria é valorizado, é seguido. Existem ideias que valem milhões esperando para serem descobertas, mantenha-se informado.
4 – Concentre-se em ideias que visam grandes mercados: mesmo o Steve Jobs jamais faria milhões num mercado que não gera milhões. Você precisa focar em mercados com uma grande quantidade de consumidores dispostos a pagar pela sua ideia.
5 – Tenha certeza que há dinheiro nesse mercado: assaltantes de banco roubam bancos por saber que lá há dinheiro. Antes de ficar emocionalmente ligado a uma ideia é importante realizar uma pequena pesquisa de mercado, para ter certeza que há dinheiro. Quem são os clientes? Qual a renda? etc..
6 – Mantenha seus olhos, ouvidos e mente aberta: muitas vezes uma ideia que falhou pode abrir uma porta para uma ideia que vai dar certo. Não fique preso a um fracasso, continue aberto para novas ideias.
7 – Teste a mesma ideia de outras maneiras: pense sobre o iphone e o ipad. Um é apenas uma variação do outro. E ambos são ideias que valem milhões.
8 – Descubra o que funciona bem para um mercado e tente adaptá-lo para outro: pense numa ideia que já funcionou em um mercado e tente utilizá-la no mercado que você quer explorar. Pense nas melhores qualidades de um determinado produto e veja se não é capaz de fazer o mesmo.
9 – Junte as partes: Uma ideia muitas vezes depende de outras ideias. O criadores do Youtube, não criaram o Flash, nem as câmeras digitais, nem inventaram as conexões de internet com banda larga, mas usaram todas essas tecnologias para fazer funcionar o seu famoso site de compartilhamento de vídeos online.
10 – Preste atenção em ideias que já foram testadas: muitas ideias têm um tempo para serem aceitas. Veja o caso do Facebook, não foi a primeira rede social, mas hoje é a maior e a mais popular. Reveja suas ideias anteriores, procure modificá-las em alguns pontos e tente reutilizá-las. Procure por ideias já testadas no seu mercado e veja se você não pode melhorá-las.
11 – Torne um serviço popular num produto reprodutível:  se você consegue converter um produto de alta demanda num escalável, com um processo sistematizado e eficiente, colocá-lo numa embalagem e vendê-lo, você fará milhões.
12 – Fique atento aos opostos: quando algo se torna popular o oposto também pode vir a se tornar. Quando o WordPress e o Blogger explodiram em popularidade, dando a qualquer pessoa com uma conexão com a internet, a capacidade de compartilhar seus artigos com o mundo, o Twitter e o Tumblr surgiram com o Micro-blogging, para aqueles que queriam compartilhar conteúdos pequenos. Ambas ideias valem milhões.
13 – Olhe para os problemas e tente resolvê-los: há muitos problemas reais nesse mundo. Como um empresário que não sabe porque seus lucros estão caindo, ou uma mãe cujo filho sofre de alergias, ou uma pessoa que acabou de ganhar um cachorro, mas não sabe com fazê-lo não latir a noite, etc. Procure soluções para problemas reais e você terá uma ideia que vale milhões.
14 – Crie produtos que funcionam como acessórios para produtos de sucesso: quanto dinheiro você acha que fabricantes de capas para iphone e ipad estão fazendo? Milhões? Bilhões? Essa é a ideia.
15 – Mantenha a simplicidade: não crie diversas versões do seu produto, ou diversas opções. Quanto mais opções mais dificil será para o seu cliente escolher e menos ele comprará de você. Seja simples, não dê muitas opções e venda muito.
16 – Explore os recursos e habilidades que você já tem: entrar num mercado onde seus conhecimentos e habilidades serão utilizados já te coloca um patamar a frente dos outros. Steve Wonder não podia ver, então ele explorou sua audição e juntou com sua paixão pela música e ganhou 25 Grammy, para provar isso.
17 – Cerque-se de pessoas que pensam em novas ideias: você é a soma das pessoas com quem passa mais tempo. Se você sai com pessoas que não exploram a capacidade de ter ideias, você fará o mesmo que elas. Se procura uma “tribo” que visa novas ideias, você poderá compartilhar as suas e amadurecê-las.
18 – Fique entusiasmado com o que você está fazendo: o entusiasmo é a essência da criatividade. Grandes ideias florescem quando você está apaixonado e entusiasmado com o que você está fazendo. Quando sua mente é estimulada por uma curiosidade fundamental e interesse no assunto, a sua criatividade vai correr solta e sua motivação vai disparar.
19 – Aceite críticas construtivas e ignore as pessimistas: quando alguem falar negativamente sobre suas ideias, lembre-se, não importa o que elas pensam, não importa quantas pessoas já tentaram, não importa como todo mundo faz. Nada disso importa. Mantenha-se motivado e continue testando suas ideias. Procure pessoas capazes de lhe auxiliar em melhorar a ideia não em destruí-la.
20 – Faça algo com suas ideias: uma ideia que vale milhões é uma boa ideia que tem chance de crescer. No papel, Google e Facebook eram respectivamente “um motor de busca eficaz” e “um site onde amigos se conectam uns com os outros”. Lembre-se, nenhuma dessas empresas foram as primeiras em seu mercado. Suas ideias não eram inovadoras na época. Muitas pessoas tiveram as mesmas ideias. Mas o google e os criadores do Facebook fizeram algo com suas ideias. Eles trabalharam duro e aumentaram a competição. O sucesso inicial foi em sua execução. Lembre-se não é a ideia em si que conta, é o que você faz com ela. Com a execução direta, uma ideia simples pode evoluir para uma ideia que vale milhões.

Imagem: stock.xchng

5 Apresentações sobre Empreendedorismo que você deveria ver

“O empreendedor é aquele que destrói a ordem econômica existente pela introdução de novos produtos e serviços, pela criação de novas formas de organização ou pela exploração de novos recursos materiais”.
Joseph Schumpeter
Empresa 2.0 – Conceitos inovadores de gestão
Conceitos Inovadores de Gestão

Como começar sua Startup
Como começar sua Startup

Redes Sociais para Empreendedores
Redes Sociais para Empreendedores

Empreender Fazendo a Diferença
Empreender Fazendo a Diferença

Fuja da escravidão antes que ela te alcance

Lições de e para Empreender
Lições para Empreender

Obs: para visualizar as apresentações clique nas Imagens!

Até!

Quem é Richard Branson?

Se você fosse apresentado a alguém que é disléxico (pessoa que possuí um distúrbio ou transtorno de aprendizagem na área da leitura, escrita e soletração) e que aos 15 anos de idade desistiu da escola, o que pensaria a respeito de seu futuro?
Quem é Richard Branson

Aposto que pensou em nada muito animador. Pensou que esse alguém não passaria de “mais um no mundo”. Pois então conheça a história de Sir Richard Branson, dono do Grupo Virgin, um conjunto composto por mais de 300 empresas e marcas que atuam nos mais variados seguimentos de mercado, e perceba como ele deixou de lado sua dislexia e baixa escolaridade para se tornar um sucesso.
Richard nasceu em 18 de abril de 1950, na Inglaterra. Com apenas 16 anos, após desistir da escola, fundou junto com seu amigo Jonny Gems a revista Student – A revista para a juventude britânica.
Para conseguir patrocínio para sua revista, utilizava de um artifício: ligava de telefones públicos para grandes empresas como Coca-Cola dizendo que sua rival, a Pepsi, tinha assinado o contrato de uma folha inteira de patrocínio. Nem sempre isso funcionava.
Esse primeiro empreendimento só começou a dar certo quando Richard conseguiu entrevistas com grandes nomes da música como Bob Dylan e John Lennon. Para vender a revista escolheu nada menos que o metrô de londres, onde passavam milhares de pessoas.
A marca Virgin surgiu quando Branson iniciou uma nova empreitada: com o sucesso da revista Student e os altos preços dos discos na época, resolveu vender discos por reembolso postal e obteve uma enxurrada de pedidos, viabilizando o novo negócio. O nome Virgin, era por ser virgem em negócios e por este ser o primeiro negócio oficial dele.
Infelizmente a festa das vendas por reembolso postal não duraram muito tempo. Ocorreu uma crise nos Correios da Inglaterra, impossibilitando a continuação do negócio, mas como Branson não enxergava as dificuldades, apenas as oportunidades, tratou de abrir a loja de Discos Virgin, que trouxe o conceito de escutar o disco antes de comprar, que passou a ser utilizado por várias empresas do mesmo ramo.
Como uma coisa leva a outra, Richard passou não só a vender discos, mas sim a gravá-los, nascia a Virgin Records. Seu primeiro disco de sucesso foi Tubular Bells de Mike Oldfield.
Em 3 anos, a Virgin Records era a empresa mais quente do mercado, e Branson, com 24 anos já era milionário. Daí em diante ele se dedicou a identificar oportunidades e criar grandes empresas, em sua maioria, utilizando a poderosa marca Virgin.
Hoje uma das empresas mais fortes do grupo é a Virgin Atlantic Airways.
Para finalizar, uma frase repetida várias vezes por ele que resume bem a cultura dos seus empreendimentos:
“Faça do seu trabalho um meio de diversão”

Para conhecer melhor o Richard Branson, assista abaixo à uma entrevista que ele deu no TED em 2007. Vale a pena:

Richard Branson é um cara fora de série! Para saber mais sobre suas empresas confira o link: Mundo das Marcas – Virgin.
Até!

As regras de Ouro do Bilionário Carlos Slim

Como todos já sabem, o mexicano, Carlos Slim, dono das empresas de telefonia Claro, Embratel e da TV por assinatura NET, isso apenas no Brasil, é o homem mais rico do mundo, de acordo com a pesquisa anual realizada pela Forbes. Pesquisando um pouco mais, descobri que ele mesmo revela qual sua fórmula para o sucesso em uma lista contendo dez princípios básicos do seu modelo de gestão. Confira:
Regras Bilionário Carlos Slim
– Prefira estruturas simples, organizações com níveis hierárquicos mínimos, flexibilidade e rapidez na tomada de decisões. As vantagens da pequena empresa é que fazem grandes as maiores empresas.
– Manter o rigor em tempos de vacas gordas fortalece, capitaliza e acelera o desenvolvimento da empresa. Desse modo, evitam-se ajustes drásticos nas épocas de crise.
– Permaneça sempre ativo na modernização, simplificação e melhoria incansável dos processos produtivos. Procure aumentar a produtividade e a competitividade, reduzir os gastos e os custos, guiando-se pelas mais altas referências mundiais.
– A empresa nunca deve limitar-se aos parâmetros do proprietário ou do administrador. Sentimo-nos grandes em nossos curraizinhos.
– Não há objetivo que não possamos alcançar trabalhando unidos, com clareza de objetivos e conhecendo as ferramentas disponíveis.
– O dinheiro que sai da empresa evapora. Por isso, reinvestimos os ganhos.
– A criatividade é aplicável não só aos negócios, mas também à solução de muitos dos problemas de nossos países.
– O otimismo firme e paciente sempre rende frutos.
– Todos os tempos são bons para os que sabem trabalhar e têm como fazê-lo.
10º – Nossa premissa é que daqui nada se leva. O empresário é um criador de riqueza, que a administra temporariamente.
Até!

Dicas de Empreendedorismo de Ayrton Senna

Recentemente li uma entrevista dada pelo Ayrton Senna, em 1986, ao Programa Roda Viva (confira a entrevista aqui). Onde você consegue perceber como a personalidade faz a diferença para que a pessoa obtenha sucesso. Separei algumas partes da entrevista e tentei associar ao empreendedorismo. Veja o que acha:
Dicas de Empreendedorismo
O que você sentiu quando chegou em segundo e o Nelson Piquet em primeiro no Grande Prêmio Brasil? Ah, eu não senti nada, eu estava ali querendo ganhar, não tenho dúvida disso, não deu para ganhar? Fazer o quê? Eu vou tentar no  outro anoE vou tentar tantas vezes, tantas vezes quantas eu correr, mas quando você corre, você depende de um carro e de uma equipe. Não é como tenista, que tem a raquete e a bolinha de tênis. Então, não depende só de você. Você tem que, realmente, trabalhar em equipe.
Aplicando isso a uma empresa. Ninguém vai para frente sozinho. Você precisa dos seus funcionários, dos seus fornecedores, dos seus amigos (para divulgar mais o negócio), dos parceiros. Você é o piloto, mas necessita dessa equipe para sustentá-lo, para fazer a máquina funcionar. Além disso, você precisa de uma máquina de qualidade, senão seus concorrentes na pista vão te ultrapassar. O seu produto precisa ter um diferencial. Seja no motor, na aerodinâmica, enfim, sua empresa deve ser a somatória de um piloto consciente e habilidoso, com uma equipe que trabalha à favor desse piloto e que constrói um carro que as outras equipes jamais alcançarão.
Quais foram as suas dificuldades depois do kart até a Fórmula 1, passando pela Fórmula 3 e tudo mais? Eu comecei no kart, como todo mundo sabe, por quem tenho um carinho enorme. É o esporte mais emocionante que existe. Mais que a Fórmula 1, inclusive, pois você faz com mais amor ainda. Eu diria que as dificuldades maiores que um piloto encontra no início da carreira é justamente porque você tem que provar primeiro para conseguir o apoio. E você precisa do apoio para chegar lá. Então eu tive a felicidade de ter o apoio da minha família. Sempre, desde o início, estiveram por de trás, me seguraram nas horas mais difíceis e me deram a oportunidade de poder desenvolver essa atividade desde pequeno.Tive, então, a possibilidade de correr em bons karts, com bons motores, em bons carros, em boas equipes e dali pude me dedicar totalmente a essa profissão. Então, o difícil é você conseguir o tal do patrocínio no início, porque depois que você cria uma imagem, um nome, os patrocinadores vêm até você, e ali a necessidade já não é tão grande. Justamente no início, quando você não tem ainda a imagem, um nome, é que você precisa dos patrocinadores para chegar lá.
O ínício não é fácil, ninguém vai confiar no seu produto. As pessoas vão duvidar da sua capacidade. É nesse momento que o teste se inicia a cada empreendedor. O que você vai fazer para ser percebido? O que você vai fazer para que as pessoas notem que você existe? Qualidade? Design? Inovação? É nesse início que você deve apostar suas fichas. É no início que você deve investir mais do seu tempo, criatividade, disposição, comunicação. É nesse tempo que você vai receber muitos “não” e quase nenhum “sim”. Mas passada essa fase os patrocinadores virão até você. O difícil é passar por ela.
Qual é o seu nível de cobrança para com você mesmo? A dedicação que eu tenho para o automobilsimo é tão grande, mas é com tanto prazer, é com tanta vontade, com tanto amor e isso vem desde pequeno, desde o tempo do kart que, realmente, eu acredito que a gente têm condições de lutar de igual para igual. E acreditando nisso é que eu procuro tirar o máximo de mim. Isso começa já na hora que você está se preparando psicologicamente, no início do ano, nessa época em que você tem que treinar bastante para se preparar fisicamente, para, na temporada, estar bem. Então, quando eu vou fazer 7 ou 8 km por dia, o que não é fácil, chega no meio dos 3 ou 4 km você já está pedindo água. Agora, a motivação é de saber que eu vou ter uma equipe, com 200, 300 pessoas trabalhando. Eles estão lá acreditando em mim, que eu vou estar lá na hora do “vamos ver” e que eu vou corresponder a expectativa deles. Então eu corro 7 km ou 8 km e vou em frente e essa  vontade de vencer é o que me mantém. É a minha motivação maior. É a vontade de vencer é o que me mantém participando numa corrida, num campeonato de Fórmula 1. Não existe nada mais, assim… que me dê mais motivação do que isso. Então eu acho que o amor que eu tenho pela minha atividade é o que me matém e é a maior força que eu tenho.
Amor e vontade de vencer, motivações que nunca falham. Se você ama o seu trabalho, ele passa a não ser um trabalho mas sim o seu hobby. Se você não ama o seu trabalho você faz o que a maioria está habituada a fazer “reclamar” e continuar na mesma vidinha em que se encontra. Se você ama o que faz, pensa em jamais desistir, pensa em dar o melhor de si todos os dias, pensa em superar seus limites criando novos objetivos a serem alcançados. Se você ama o que faz, jamais se imaginará sem fazer isso. Jamais achará qualquer tipo de esforço em vão, por que afinal não será um sacrifício. Será um prazer à mais.
Quando eu estava na Toleman, durante um treino para o Grande Prêmio da Inglaterra, um companheiro meu, logo no início do treino, saiu e deu uma batida de frente no guard rail, quebrou as pernas, quebrou o carro no meio e eu passei do lado dele. Ele parado no meio da pista, com as pernas encostadas no chão, o carro tinha quebrado todo na frente e eu vi aquilo e voltei pro box, procurando saber o que eu estava fazendo ali. Então foi paralisado o treino durante muito tempo, até eles abrirem novamente e o meu chefe de equipe chegou e falou: ‘Olha se você não quiser andar mais, nesse final de semana que tiver o Prêmio da Inglaterra, uma equipe inglesa imagina, você não precisa andar’. Então ele colocou nas minhas mãos, para eu decidir se eu queria ou não andar. E eu deveria andar, obrigatoriamente, porque eu tenho um contrato com a equipe. Então aquilo tudo confunde se  você não estiver realmente muito certo daquilo que você está fazendo e porque você está ali, tudo aquilo confunde. E o medo é uma das piores coisas que pode acontecer com um piloto, porque você nunca pode perder a confiança. Tem que manter sempre uma confiança de estar fazendo a coisa certa e dentro dos limites.
Você não pode deixar que problemas pessoais ou medos dominem sua mente e seu corpo. Você deve se comprometer com aquilo que está fazendo. Como disse Ayrton, se você perder a confiança o carro não sai do lugar, você não vence uma corrida sequer. Mesmo que sua equipe trabalhe direito, seu carro seja o melhor e o mais bem preparado, não adianta, se você, o piloto, não confiar em você mesmo não tem como vencer seus concorrentes e ganhar a corrida. Como vencer se nem mesmo você acredita que isso vai acontecer?
Como é que você relaxa, como é que você se prepara, como é que é a tua noite de sono no dia que antecede uma prova decisiva para você? É muito relativo. Depende como é que está o carro. Se o carro estiver bom, se tiver numa posição boa… Então aquilo é uma pressão um pouco maior porque você sabe que tem condições, que depende de você. Mas ao mesmo tempo é uma motivação, e então é um prazer, de saber que você tem condição de, no dia seguinte, de lutar. Quando o carro está ruim, aí é uma droga. Você não dorme, fica pensado no que você vai fazer, o que você vai inventar para conseguir tirar aquela diferença. Então, aí não tem sono que resista.
O que acontece quando tudo está correndo como o esperado? Você, normalmente, relaxa. O que acontece se uma mudança repentina acontecer? Você não estará preparado e não vai conseguir lidar com ela. Quando uma crise vier você vai ter que inventar maneiras de tirar essa diferença. Esse é o momento, como disse Ayrton, onde não se tem mais sono. Você entrará na pista, para brigar, não pela primeira posição, mas para ao menos completar a corrida. Para esses momentos preparação é essencial, principalmente a psicológica. Acredite, mais cedo ou mais tarde, esses momentos virão.
Como é que você faz para dirigir tão bem na chuva? Eu tomei muita chuva, viu? [risos] No tempo do kart eu tomei muita chuva… Olha, foram várias as vezes que, durante a semana, eu ia para Interlagos, saía da escola, meu motorista ia me buscar lá ao meio-dia, com os karts atrás, na carreta, e me levava para pista em Interlagos. Terça, quarta ou quinta, passava a tarde inteira lá treinando. E se chovia, eu não parava e ficava no box, não, eu continuava treinando. Mexia no kart, aprendi a ajustar e andar no molhado. E uma coisa muito importante, eu tenho certeza que a maioria das pessoas não percebe, é que eu tenho ainda os 26 anos de um jovem que tem o ímpeto, aquela força, aquela vontade enorme, aquela garra. Mas tenho a experiência de um piloto de 35, 40 anos, por ter começado tão cedo no kart e por eu ter dedicado tanto tempo. Então, toda a experiência que eu adquiri no kart, que foi a minha maior escola no automobilismo, foi enorme. Eu estive15 anos de kart e 15 anos assim de profissional, era um hobby, mas eu me dedicava como profissional.
O que Ayrton pode ensinar quando diz que tomou muita chuva? Que é essencial se expor às dificuldades e enfrentá-las. O que é seu ponto fraco hoje, se trabalhado hoje, pode se tornar um diferencial amanhã. Talvez seja necessário ficar 15 anos treinando, perdendo, errando, obtendo pequenas vitórias, para só então a coisa começar a dar certo, mas você vai ter que passar pelo Kart para chegar a Fórmula 1. Isso vai amadurecê-lo. Vai permitir que chegue na F1 com experiência, com tranquilidade, autocontrole, força. Empresas que crescem rápido demais não tiveram esse tempo, e por passar rapidamente do Kart para a F1, cometem erros que só podem ser admitidos no Kart e, por isso, acabam durando muito pouco na F1. Uma empresa deve crescer devagar, aprendendo com erros pequenos e, de preferência, com pequenas perdas de dinheiro.
Esses foram os ensinamentos que pude retirar da entrevista. Veja abaixo algumas frases ditas pelo Ayrton que marcaram sua carreira:
Não sei dirigir de outra maneira que não seja arriscada. Quando tiver de ultrapassar vou ultrapassar mesmo. Cada piloto tem o seu limite. O meu é um pouco acima do dos outros“.
“Acidentes são inesperados e indesejados, mas fazem parte da vida. No momento em que você se senta num carro de corrida e está competindo para vencer, o segundo ou o terceiro lugar não satisfazem. Ou você se compromete com o objetivo da vitória ou não. Isso quer dizer: ou você corre ou não”.
Se você quer ser bem sucedido, precisa ter dedicação total, buscar o seu último limite e dar o melhor de si“.
Até!